sexta-feira, 19 de abril de 2013

O meu ponto de vista sobre Jequié

Outro dia vi que Olivier, francês que mora em terras brasileiras, resolveu fazer um texto sobre as suas impressões sobre o Brasil. Um brasileiro que morou na França contra atacou e fez um texto sobre as suas impressões a respeito de terras francesas. São texto legais para passar o tempo e estão linkados aí (é só clicar na palavra texto).
Resolvi, ainda aqui em Jequié, cidade do sudoeste da Bahia, falar sobre o que vi aqui.

1) Antes de chegar, todos falavam que a cidade era absurdamente quente, já é a terceira vez que venho aqui e não conheci o tal calor infernal. Esquentou, mas nada além do que vi em Salvador ou Feira.
2) A UESB tem uma cara simpática, mas é bem pequena.
3) Fui muito bem recebida pelos professores que conheci. Não sei se é pq são mesmo receptivos ou pq cheguei numa vaga de Adjunto.
4) As turmas são simpáticas e acolhedoras.
5) Os funcionários, até agora, sempre me receberam sorrindo, o que me parece algo fora do comum no funcionarismo público que conheço.
6) Há um prédio de aulas que se chama Lenda, devido ao tempo que demorou para ficar pronto. A coisa até está oficial, pois nos murais e identificação do prédio se dá como LENDA.
7) Estou em um bairro periférico, perto da universidade, o que faz o interior ficar ainda com mais cara de interior. Ir ao mercado e só ter um tipo de iogurte light é bastante estranho.
8) Só há chaveiros (que fazem chaves, disso mesmo que estou falando) no Centro da cidade. Isso é estranho para mim.
9) Não sei como se vive sem shopping e sem cinema.
10) As muriçocas da Bahia moram em Jequié. E elas são mutantes, super fortes e gordinhas.
11) Fazer um prato de comida completo e pagar menos de 5,00 me parece um sonho. Se eu morasse aqui, nunca mais cozinharia!
15) A xerox é cinco centavos. Acho que está valendo a pena vir de Salvador para fazer cópias na UESB.
16) A dona do restaurante anota o débito dos clientes num caderninho para que pagem depois. Na verdade, o próprio cliente que anota. E se não tem troco, é normal ouvir "Amanhã, qdo vc vier almoçar, vc me paga" 
17) Ao chegar na rodoviária, não havia táxis para todos e tive que aguardar. O legal é que em menos de cinco minutos o taxista leva alguém em casa e já está de volta.
18) Á noite, só são permitidos 10 táxis na cidade. De dia, são 30.
19) Atravesso a cidade de táxi com 12 reais.
20) Se eu morasse por aqui, seria quase rica com o salário que vou receber.


Certamente mais impressões surgirão. Se der vontade, conto em outro momento.

2 comentários:

Leide Antonino disse...

Melhor do que eu esperava. Boa sorte nessa temporada!!
(kd os links citados??)

Luci Hora disse...

Amiga, vou tirar um dia pra viajar com você! Adoooooooooooorei suas impressões. Exceto pelas muriçocas.
P.S.: Levarei meus iogurtes. rsrsrs...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...