segunda-feira, 26 de março de 2012

Eu li: Leite Derramado


Professora de português, eu sempre li muitos, mas nos últimos seis anos (em que fiz mestrado e doutorado), só lia coisas técnicas, que servissem para a dissertação ou tese; ou melhor, lia também coisas para dar aulas... mas a leitura por prazer ficou esquecida. Decidi que este ano retomaria minhas leituras, mesmo que fosses poucas páginas antes de dormir. Ler um livro em um dia, como gosto de fazer, já não dá, mas posso ler devagarzinho, né?
A amiga N. disse que tinha lido Leite Derramado, de Chico Buarque, e que eu certamente gostaria tanto quanto ela gostou. Foi em cheio, eu amei!
O livro conta a história de um homem idoso, que está em uma cama de hospital e que narra a sua própria vida, mas com as peculiaridades da narrativa de um idoso, indo e vindo, repetindo fatos e, muitas vezes, a cada repetição, a história ganha detalhes diferentes.
Uma colega historiadora comentou que o livro foi um ótima experiência para conhecer fazer conhecer um pouco mais a história do país, já que o personagem narra a história de seus ancestrais, passando pelo Império, pela Primeira República e terminando na história de seu tataraneto, garotão no Rio de Janeiro.
O que me encantou foi a narrativa, bem elaborada, envolvente. Gostei mesmo da leitura e fiquei com vontade de ler outros livros de Chico.

Quem leu? Gostou tanto qto eu?

 

4 comentários:

Uma parte de mim disse...

Eu li e amei!, engraçado que esse monólogo me fez vivenciar o tal velhinho rsrsrs, ótimo e recomendo!!,bjo.

Vanessa P. disse...

Que bom que vc gostou!!! Acredito que vai gostar também do Budapeste, do Chico.
Bjo

Elaine Lobato disse...

Oi também li leite derramado assim que lançou e fiquei impressionada com a construção textual em todo o livro!
Antes já havia lido Budapeste do mesmo autor é muito bom também!

Leide Antonino disse...

Quero ler!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...