terça-feira, 24 de agosto de 2010

Para que tanto?

Ok, vcs podem me perguntar o que eu tenho a ver com a quantidade de comidas que pessoas que eu não conheço comem. Tá, concordo, não é da minha conta, mas não consigo ver certas coisas e não comentar. Ontem, no shopping, vi uma menininha de uns 4 anos com um top sunday da Mc. Euzinha aqui, do alto dos meus quase 30 anos, não consigo tomar confortavelmente aquela coisa que eu acho muito grande. Digo confortavelmente, porque o olho me faz tomar e ficar enjoada o resto do dia.
Para que tanto  sorvete para um criança tão pequena? Eu sempre penso que alimantação é uma questão de hábito. Cabe aos pais controlarem o que vai para a mesa de seus filhos. Por exemplo, minha mãe mandava para meu lanche 3 ou 4 biscoitos recheados e, até hoje, mais do que esta quantidade me enjoa. Já vi uma menina de 3 anos comer um pacote inteiro de Bono. Acho uma coisa descomunal!!! Também é culpa dos hábitos infatis eu não comer salada costumeiramente. Minha mãe mal comia salada. O filho de minha amiga PEDE salada. Parece o menino da chicória da propaganda. Ele pega a folhinha de rúcula do sanduiche da Subway e de "Hummmmm, que delícia de rúcula".
A quantidade que se come eu tb acredito que possa ser "controlada". Uma amiga, certa vez, ofereceu trêêêês bananas ao seu bebê que ainda nem tinha 6 meses. Gente, será mesmo que ele precisava de 3 bananas? Não sei, acho que as pessoas pensam que criança gosrdinha é criança saudável, mas aí depois, na adolescência, vira uma pessoa em crise. Emagrecer é bem difícil. Eu não como muito, mas eu como mal.E comer mal me fezlembrar minha prima, que colocou coca cola na chuquinha do bebezinho. O bebê fez careta, e ela insistia, como se fosse um chazinho saudável!!!!
Assim não há juventude que se mantenha saudavelmente magra!

7 comentários:

Liga dos Esmaltes disse...

Meu Deus!!:O É por isso que, nos EUA, os pais vão parar na cadeia para responder pela obesidade dos filhos!!!

Rafa Guerra disse...

Tem q controlar mesmo, mas é difícil. Assim como é mais difícil brigar do q deixar p/ lá. O meu mais velho é capaz de comer um pct de Bono inteirinho. O meu mais novo é ainda mais guloso hehehehe. Mas criança não entende nada e nem tem q entender. Os pais é q têm q ter responsabilidade e fazer o q é certo. E fazer o q é certo é sempre mais difícil.

Clark disse...

Nos EUA os pais vão para cadeia por obesidade dos filhos?!?!?!?!?!?!?!

Tem certeza?!?!?

Não duvido que seja algo que algum obamista propôs virar lei... mas isso foi aprovado em algum lugar?

Clark disse...

Ah! No Brasil, quiseram fazer uma lei (tola) assim também.

Clark disse...

A propósito: se a criança não te obedecer de jeito nenhum, ao você proibi-la de comer um pacote inteiro de bono, NÃO BATA nela! Use um psicologia progressista alternativa:

Prometa um pote de sorvete se ela obedecer!

Renata Soares disse...

mas coca na chuquinha é o cúmulo, né!
não acho legal não. minha afilhada desde pequena ia na fruteira com seu andador e pegava as frutas dali. acho que o fato das frutinhas estarem a sua altura foi já um estímulo. hoje em dia, observo as crianças no lanche: salgadinho, biscoito e refri as 9 da manhã e 5x por semana...
bjas!

Christiane L disse...

Gente, eu como um pacote de biscoito inteiro de uma só vez! Na minha época não tinha Top Sundae, mas se tivesse eu tomava sim! Assim como sou capaz de comer um prato lotado de salada e ainda repito.

E sou feliz, e não sou obesa. Sempre fiz atividade física, acho que isso + os meus genes abençoados ajudaram muito.

Na Itália, quando crianças, comíamos pizza na merenda da escola! E conta qtas crianças obesas tem lá! Quase n tem...

Comer bem é sim, uma questão de hábito, mas se a minha mãe colocasse 4 biscoitos recheados na minha lancheira, acho que eu morreria! Os pais têm que controlar os excessos, mas o que é muito pra A pode ser pouco pra B e assim por diante... Cada um é cada um, né?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...