quinta-feira, 15 de abril de 2010

Um dia frio



Frio? Nem tanto, pois em Salvador chove, chove, e continuamos no calor.
Hoje o dia foi quase um safari. Saí às 7 da matina para o primeiro dia de aula, uma chuvarada danada, mas quando cheguei, já havia 4 alunos entes mesmo da hora marcada. Numa turma de 32, apareceram uns 17, bom número. Então, aula, já que havíamos nadado até lá. Ao passar pela secretaria acadêmica, a notícia de um curto circuito, estavam às escuras, computadores molhados. Desespero das funcionárias. Pior, o diretor viajou a trabalho, então era preciso contato telefônico, pois n havia como trabalhar. "O que fazer?," perguntaram ao diretor. Ao invés da esperada resposta, ouviram "Ponham cadeiras no corredor e fiquem durante todo o expediente. E se amanhã ainda estiver assim, corredor de novo". As funcionárias ficaram indignadas, mas pensei comigo: faz diferença? Serviço público é mesmo uma enrolação.
Bem, apresentei-me aos alnos já velhos conhecidos, falei da disciplina e das avaliações e resolvi começar a discutir assunto, já que estávamos ali. Liga retroprojetor. Sim, ainda usamos os "modernos" retroprojetores... e cheirinho de queimado. Isso, ele queimou! Fui até o funcionário, que não ligou mto para mim pq estava tentano salvar os computadores da secretaria acadêmica. Sem condições de trabalho, liberei a turma e parti rumo ao outro lado da cidade.
Começaram então as especulações sobre qual o melhor caminho para não ficar boiando, e fui instruída a ir pela orla, já que outras duas avenidas ja estavam alagadas. Fui. No Rio Vermelho, encontrei uma quantidade de água absurda, meu carro adquiriu superpoderes e passamos por toda aquela água barrenta. Ah, devo salientar que o mar estava igualmente barrento, assustador para mim.
Em Ondina, decidi ir até o shopping Barra para ao menos comer decentemente e tomar a vacina, que estava sendo dada lá. Peguei um caminho e tive que dar meia volta: estava alagado. Comi um peixe frio, com um arroz sem graça, mas pelo menos a salada estava com um molho gosto. Isso é o Jogo do Contente, de Poliana. Então, Vacina. Não! Lá, só teve vacina no sábado. A ida ao shopping foi fristrada. Segui para UFBA, contrariando minha mãe, que pedia para eu ir para casa. Fiquei no projeto o tempo que eu tinha que ficar, a chuva passou e cheguei em casa rapidinho, com a cidade já seca.
Qual não foi minha surpresa quando vi no jornal a situação da cidade completamente submersa em alguns pontos. Toda a água que encontrei não foi nada perto daquilo... Tive medo. Se eu soubesse da situação, certamente teria ficado em casa. Agora tô rezando para não voltar a chover, para as coisas entrarem nos eixos.

Um comentário:

Lílian disse...

Salvador é msm mto dificil...De manha choveu, choveu, choveu...De tarde fez um solzaaaaao!!! =P

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...